Seguidores

outubro 23, 2012

édredon, edredom ou edredão?

Imagem retirada dAQUI
De origem sueca, alemã ou islandesa (consoante as fontes), o termo chega à nossa língua pelo francês édredon.

A. Édredon (plural: édredon. Fonte: Portal da Língua Portuguesa)
Embora a generalidade dos dicionários não registe o termo, encontramo-lo, como estrangeirismo do francês, no Portal da Língua Portuguesa e no Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa.
Tanto os dicionários brasileiros como a Academia das Letras do Brasil não admitem esta forma.
B. Edredom (plural: edredons)
Segundo Maria Celeste Ramilo (Ciberdúdivas), “são poucas as palavras que subsistiram na língua a partir do século XVI com terminação em –om”. As principais entradas na língua portuguesa de palavras com esta terminação dão-se com adaptações de termos importados de outras línguas (batom, garçom, pompom, etc.). É o caso também do nosso tema de hoje: edredom. É uma forma registada em todas as fontes (em Portugal e no Brasil).
C. Edredão (plural: edredões)
Esta é uma adaptação mais “portuguesa” do que a anterior, presente também em todos os dicionários. É a única designação que Cândido de Figueiredo inclui no seu dicionário de 1913, com a anotação de que é “proximamente o mesmo que goderim, cócedra, almadraque ou almatricha.” A “almatricha”, perdeu-se na poeira do tempo e deixou de ter direito a verbete nos dicionários de ambos os lados do Atlântico…

CONCLUSÕES:
Portugal (norma luso-afro-asiática)
édredon (em itálico ou entre aspas), edredom e edredão
Notas: ---
Brasil (norma brasileira)
edredom e edredão
Notas: ---

Abraços.
AP




P.s.
Nova mensagem no http://acordo-ortografico.blogspot.pt:
O Acordo Ortográfico mexeu-nos no papo-seco?




 





Sem comentários:

Enviar um comentário