Seguidores

maio 21, 2013

.Qual a diferença entre PRÓ e PRÒ?

Imagem encontrada AQUI.

Este é um daqueles casos em que o acento altera tudo. A principal diferença é que pró, embora podendo estar englobada em diferentes classes, é apenas uma palavra, enquanto prò (como prà, prós e pràs) resulta sempre da contração de duas palavras (ver a explicação em B.). Trocando por miúdos:

A. PRÓ
Vindo do latim pro (“a favor de”), pró pode ser:
a)    Uma preposição (significando “a favor de”, “em defesa de”). Exemplo: “As forças pró libertação.
b)   Elemento de formação de uma palavra (prefixo). Exemplo: “Movimento pró-americano.
c)    Um nome (substantivo no Brasil) com o sentido de “vantagem”, “conveniência”. Exemplos: “Medir os prós e os contra.”; “Ele não conseguir citar nem um pró!
d)   Advérbio. Exemplo: “O deputado falou contra a legalização do aborto; alguém vai falar pró?

B. PRÒ
O acento grave na língua portuguesa é sempre a ponta do icebergue de uma contração. Prò não é exceção e resulta da contração da preposição para como o determinante artigo definido o. Recapitulando: prò = para + o. Exemplo: “Guardamos o almoço prò próximo domingo!”

Nota: Surpreendentemente, o Vocabulário do Portal da Língua Portuguesa, num óbvio lapso, regista a contração também com acento agudo:
advérbio
contração
nome masculino
preposição

 

 

 É caso para dizer que no melhor pano cai a nódoa…

Fontes:
.Os dicionários Aulete, Houaiss, Infopédia e Priberam
.Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea (Academia das Ciências de Lisboa)
.Vocabulário Ortográfico do Português (Portal da Língua Portuguesa)

São horas do almoço e a minha mulher já gritou da cozinha: "Prà mesa, António!" E quando ela fala com ponto de exclamação no final da frase, só há um caminho: o de ida!
Abraço.
AP

Sem comentários:

Enviar um comentário