Seguidores

abril 15, 2013

.escuteiro ou escoteiro?

Imagem encontrada AQUI.
 
Complicadinha, a questão de hoje! Vou tentar ser claro e organizado.

Brasil
O termo mais utilizado no Brasil é escoteiro, sendo a variante escuteiro considerada um lusismo, como podemos constatar no Houaiss.

Portugal
Rebelo Gonçalves, no Vocabulário da Língua Portuguesa (1966), apresenta escoteiro como variante brasileira de escuteiro, seguindo o que está no Vocabulário Ortográfico Resumido da Língua Portuguesa, de 1947. Encontramos a mesma perspetiva noutros dicionários, sobretudo até ao final do século XX.
No Ciberdúvidas, o consultor F. V. Peixoto da Fonseca, em 1998, diz: “Escuteiro (membro da associação fundada por Baden Powell) em Portugal, mas escoteiro no Brasil. Escoteiro, com o, entre os portugueses, é aquele que viaja sem bagagem, e, como adjectivo, significa «veloz» (cf. F. Rebelo Gonçalves, «Vocabulário da Língua Portuguesa», 1966).
Em 2007, no mesmo Ciberdúvidas, a dupla Luís Filipe B. Teixeira/José Mário Costa dizem-nos: “Em português, o seguidor filosófico do pensamento de John Duns Escoto (1274-1308) chama-se escotista, sendo que a doutrina filosófica se deverá designar por escotismo, à semelhança, é certo, com o movimento juvenil fundado por Baden-Powell (1857-1941), embora neste caso a forma mais corrente em Portugal seja com "u" (escutismo).
Recorrendo aos argumentos apresentados pelas organizações ligadas ao escutismo/escotismo, complicam-se as coisas. Transcrevo um extrato do FLIP: “é esclarecedora a breve nota a que podemos aceder no sítio da Associação de Escoteiros de Portugal, que nos apresenta brevemente a história do movimento, salientando que esta foi esta primeira associação de Portugal que utilizou a palavra escoteiro, já existente na língua e com o significado de "pessoa que viaja sem bagagem", para traduzir o inglês scout. Só mais tarde apareceu o Corpo Nacional de Escutas, movimento católico que assumiu uma dimensão maior e que, para a tradução de scout, utilizou a palavra escuta (de que depois derivaram escuteiro e  escutista), já existente na língua como derivado regressivo do verbo  escutar.

Conclusões:
PORTUGAL
BRASIL
A. Devemos escrever escoteiro para nos referirmos:
a) ao pensamento de Jonh Duns Escoto;
b) a quem viaja sem ou com pouca bagagem.
B. Falando de quem pertence a uma associação de escotismo/escutismo, podemos escrever escoteiro ou escuteiro.
DICA: Jogue pelo seguro e escreva sempre escoteiro.
.Em todas as situações: escoteiro.
Nota: Segundo o Dicionário Etimológico da Língua Portuguesa, de José Pedro Machado, a palavra escoteiro está documentada desde o século XVI, sendo a grafia escuteiro bem mais recente.

Abraço.
AP
 

Fontes consultadas:


4 comentários:

  1. Caro Ant P,
    Antes de mais obrigada pelo esclarecimento do ponto de vista linguístico.
    Do ponto de vista escotista, a última explicação é que que utilizamos para diferenciar as duas associações nacionais existentes: AEP - Associação de Escoteiros de Portugal e CNE - Corpo Nacional de Escutas. Ambas seguem os principios educativos desenvolvidos por Baden Powell, mas possuem algumas diferenças enquanto estruturas. Sendo duas instituições com o objetivo semelhante, a utilização do O ou do U pelos associados de cada uma acaba por ser uma demarcação quase "clubistica".
    Obrigada uma vez mais pela aprendizagem.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde, Adelaide!
      Eu é que agradeço o comentário que vem enriquecer a mensagem publicada.
      Sempre ao dispor,
      António Pereira

      Eliminar
  2. Em poucas palavras, poderemos dizer que, em Portugal, os escoteiros com O são protestantes, como Baden Powell, e os escuteiros com U são católicos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mais de 90% dos escoteiros, da Associação dos Escoteiros de Portugal (com "O"), são católicos. Eu sou Escoteiro de Portugal (com "O") e sou católico. O que o Sr. Fernando Ribeiro escreveu está errado.
      Hélder Silva.

      Eliminar