Seguidores

dezembro 02, 2015

CÉU é uma palavra aguda (oxítona)?


É uma chata a gramática… Mas, quer queiramos quer não, ela faz parte de nós! Implacável, dita as regras que regulam o uso que fazemos da língua a cada momento.
A resposta à questão de hoje poderá ser surpreendente para alguns, mas é a lógica pura e dura da Sr.ª Dona Gramática…
Se já houve tempos em que palavras como CÉU, DEU, DÓI e FAZ eram classificadas como oxítonas (agudas), hoje já não é assim.

RESPOSTA:
A palavra CÉU não é oxítona, sendo classificada apenas como monossílabo.
Justificação: A classificação de aguda (oxítona), grave (paroxítona) e esdrúxula (proparoxítana), quanto à acentuação, é possível apenas quando «as palavras têm mais de uma sílaba» (Cunha e Cintra, Nova Gramática do Português Contemporâneo, Lisboa, Sá da Costa, 2002, p. 36).

Abraço.
ProfAP
                                                                                                                                                                    Imagem encontrada AQUI.

2 comentários:

  1. Ok mas num outro tópico daqui dizia que apenas monossílabos tônicos terminados em A, E ou O seguido ou não de S são acentuados... eai qual a razão de CÉU (monossílabo terminado em U) ser acentuado??

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia, Larissa.
      A razão do acento na palavra "céu" deve-se à circunstância de todas as palavras terminadas ditongos abertos grafados -éi, -éu ou -ói (seguidos ou não de -s) deverem ser acentuadas: papéis, céu(s), dói.
      O tópico a que alude falava em palavras oxítonas (monossílabas ou não) terminadas em -a, -e ou -o abertos: dá, jacaré(s), paletó(s), etc.
      Abraço.

      Eliminar