Seguidores

dezembro 09, 2014

.jihadista OU jiadista?

 
Mesmo quando tentam, de forma metódica e regular, integrar as novas palavras (criadas, importadas ou adaptadas) que os utentes usam nas suas interações linguísticas, os dicionários ficam sempre aquém da realidade.
As ações radicais do denominado Estado Islâmico, sendo uma ameaça para a paz e para os direitos humanos, trouxeram para o discurso novas palavras e dúvidas sobre grafias a adotar. É o caso de hoje: jihadista ou jiadista?

Nem o Portal da Língua Portuguesa nem a Academia Brasileira de Letras dão ainda abrigo a estes termos. O mesmo acontece com os dicionários brasileiros. Quanto aos dicionários lusos, apenas os disponíveis online (Infopédia e Priberam) criaram muito recentemente novos verbetes.
Para responde à dúvida de hoje, socorro-me do Ciberdúvidas, que tem uma posição clara sobre assunto, apresentado uma fundamentação consistente.
 
CONCLUSÕES:
A grafia correta é jiadista (e jiadismo e jiade)
Notas:
1. As grafias apresentadas, resultantes da adaptação do estrangeirismo inglês jihad, são as únicas que têm lógica, uma vez que não há na língua portuguesa, desde a reforma ortográfica de 1911, palavras com h entre duas vogais.
2. O recém-publicado Dicionário de Arabismos da Língua Portuguesa, de Adalberto Alves, vai no mesmo sentido com as entradas  jiade e jiadismo.

Abraço cheio de paz e tolerância.
AP


Sem comentários:

Enviar um comentário