Seguidores

julho 25, 2014

.dispender OU despender?


Dispender” não existe!
Embora venha do latim dispendĕre, devido a uma alteração fonética (dis- para des-), despender é a forma correta e consagrada pela norma.
No entanto, as grafias do nome dispêndio (do latim dispendĭu-) e do adjetivo dispensioso (de dispendiōsu-) respeitam as origens, não tendo havido alteração fonética.

Conclusões:
PORTUGAL e BRASIL
despender
Logo:
despendo, despendi, despenderei, etc.
Mas:
    dispêndio
          dispendioso
                dispendiosidade

 
É assim a língua portuguesa: linda... mas “traiçoeira"!
Bom fim de semana para todos os lusofalantes.

AP
Imagem encontrada AQUI.

Sem comentários:

Enviar um comentário